Última hora

Última hora

Tymoshenko acusada de homicídio

Em leitura:

Tymoshenko acusada de homicídio

Tamanho do texto Aa Aa

Procurador-Geral da Ucrânia acusa Yulia Tymoshenko, já condenado a sete anos de prisão por abuso de poder, do assassínio do deputado Evguen Chtcherban, morto a tiro com a mulher no aeroporto de Donestsk em novembro de 1996.

Se Tymoshenko for julgada por este caso e condenada arrisca-se a uma pena de prisão perpétua.

O adovado da antiga primeira ministra diz que este crime só beneficiou politicamente o atual presidente Viktor Yanukovic que na altura se tornou rapidamente governador de Donetsk.

Detida desde agosto de 2011, a antiga primeira-ministra considera que está a ser alvo de uma vingança política do seu rival, o atual presidente.

A opositora, de 52 anos, foi transferida em maio da prisão para um hospital devido a hérnias discais e está também a ser julgada por fraude fiscal, num outro processo.

A correspondente da Euronews lembra um crime desta nautureza pode ser investigado e julgado a qualquer momento.