Última hora

Última hora

David Cameron reage à crise na Argélia

Em leitura:

David Cameron reage à crise na Argélia

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro britânico David Cameron referiu que existem muitas questões sobre como a crise foi gerida mas sublinhou que a responsabilidade do banho de sangue está do lado dos “terroristas”. Ainda não há dados precisos sobre o número de vítimas britânicas.

“Tragicamente sabemos que três britânicos foram mortos e pensamos que outros três terão também perdido a vida, além de um outro indivíduo residente no Reino Unido”, disse o primeiro ministro.

Bastante crítico da resposta argelina, o Japão foi uma das nações que mais sofreu. Dez reféns nipónicos terão morrido. Por causa da crise, o primeiro-ministro japonês interrompeu uma visita ao sudeste asiático.