Última hora

Última hora

Eleições na Baixa Saxónia são teste para Merkel e Steinbruck

Em leitura:

Eleições na Baixa Saxónia são teste para Merkel e Steinbruck

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições de hoje na Baixa Saxónia são um teste para Angela Merkel e para a coligação de centro-direita, tendo em vista as legislativas de setembro.

Tal como a nível nacional, a CDU está na frente mas há dúvidas sobre se os liberais vão conseguir alcançar a barreira dos 5% que dá acesso ao parlamento regional, onde o centro-direita procura manter-se no poder.

As últimas sondagens davam um empate da aliança dirigida por David McAllister com a coligação SPD-Verdes, liderada pelo presidente da câmara de Hanôver, Stephan Weil, que chegou a ter uma vantagem de 13%.

O SPD tem sido muito prejudicado pelas gafes do candidato a chanceler. Peer Steinbruck considerou baixo, o salário de 17 mil euros auferido pelo chanceler e afirmou que Merkel beneficiava do facto de ser mulher. Uma derrota dos sociais-democratas, este domingo, fará aumentar as vozes que, no SPD, exigem a substituição de Steinbruck na corrida à chancelaria.

Entre os mais de 6 milhões de eleitores que vão às urnas na Baixa Saxónia estão o último chanceler do SPD, Gerhard Schroeder e a mulher, que tem a entrada garantida no parlamento regional.