Última hora

Última hora

Barack Obama apelou à defesa do Estado social

Em leitura:

Barack Obama apelou à defesa do Estado social

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama e Michelle abriram o baile com mais de 35 mil pessoas e artistas convidados que se seguiu à tomada de posse no Capitólio.

Perante o juiz-presidente do Supremo Tribunal de Justiça, John Roberts, Obama leu o juramento inscrito na Constituição norte-americana.

No discurso de tomada de posse para o segundo mandato Barack Obama apelou à unidade de todos os norte-americanos, à elevação do debate político e à defesa veemente do Estado social.

“Nós, o povo, sabemos que o nosso país não pode progredir quando meia dúzia não têm problemas e a maioria mal consegue sobreviver. A prosperidade da América deve assentar nos ombros de uma classe média ascendente”, sublinhou o Presidente.

A cerimónia aberta ao público decorreu no feriado que celebra o dia de Martin Luther King Jr.

Perto de 600 mil pessoas concentraram-se ao longo dos três quilómetros da Pennsylvania Avenue para verem o tradicional cortejo presidencial até à Casa Branca.