Última hora

Última hora

Eleições legislativas em Israel

Em leitura:

Eleições legislativas em Israel

Tamanho do texto Aa Aa

As urnas para as eleições legislativas em Israel abriram hoje às 7:00 locais na maior parte das assembleias de voto com os 5,66 milhões de eleitores a escolherem o Kneset, o parlamento israelita.

Entre as 34 listas que se apresentam a estas eleições, o Likud-Beitenu é a coligação da direita nacionalista, que integra o Likud do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu e o Israel Beitenu do ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, Avigdor Lieberman.
Os dois partidos defendem uma intervenção militar contra o programa militar iraniano.

Da direita nacionalista religiosa sobressai a lista liderada por Naftali Bennett, ex-chefe de gabinete de Netanyahu, que defende uma educação judaica e sionista e a anexação de 60 por cento da Cisjordânia.

Nenhum dos líderes das principais listas abordou o processo de paz com os palestinianos. Os grandes tópicos comuns a todas as candidaturas são a economia, a segurança e os colonatos.

Todos os israelitas com mais de 18 anos podem votar, mas apenas aqueles com mais de 21 anos podem ser eleitos deputados.
Apenas os partidos que conquistarem mais de dois
por cento de votos conseguirão assento parlamentar.