Última hora

Última hora

Ativistas turcos atacam soldados alemães pensando que eram GI americanos

Em leitura:

Ativistas turcos atacam soldados alemães pensando que eram GI americanos

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de soldados alemães foi agredido por ativistas ultranacionalistas, em Iskenderun, no sul da Turquia.

A polícia deteve 28 membros da Sindicato da Juventude Turca, uma organização ultranacionalista antiamericana, conhecida por tentar colocar sacos na cabeça dos soldados da NATO.

Ilker Yucel, o líder do grupo, confirma a intenção de continuar: “Não vamos permitir aos soldados estrangeiros que se desloquem livremente no nosso país. Vamos continuar a atacar os soldados norte-americanos com sacos. Fizemo-lo e vamos continuar a fazê-lo.”

Os soldados alemães, que escaparam ilesos ao ataque, terão sido confundidos com os GI americanos, estima o tenente-coronel Frank Sarak.

As tropas germânicas chegaram recentemente à Turquia para servir duas baterias de mísseis terra-ar.