Última hora

Última hora

FMI baixa previsões de crescimento da economia mundial

Em leitura:

FMI baixa previsões de crescimento da economia mundial

Tamanho do texto Aa Aa

A zona euro caminha para o segundo ano consecutivo de recessão em 2013, o que pesa sobre as perspetivas de crescimento da economia mundial reveladas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

A instituição estima que a economia mundial cresça 3,5% este ano, impulsionada pelo forte desempenho dos países emergentes, mas é uma 0,1% menos do que na previsão de outubro.

Segundo o FMI, os Estados Unidos vão crescer 2%, mas devem evitar cortes excessivos do défice para não penalizar a frágil retoma.

O Japão deverá crescer 1,2% e o Reino Unido 1%. Já para a zona euro, o FMI espera um segundo ano de recessão, com uma contração de 0,2%, quando em outubro apontava para um crescimento de 0,2%.

O FMI justifica o corte nas previsões com a contração das economias periféricas que se revelou superior ao esperado e atinge as grandes economias. É o caso da Alemanha, que deverá crescer 0,6%, menos três décimas do que a estimativa precedente.

O ponto de viragem na zona euro será em 2014. Espera-se então um crescimento de 1%.