Última hora

Última hora

Portugal regressa ao mercado em grande pompa

Em leitura:

Portugal regressa ao mercado em grande pompa

Tamanho do texto Aa Aa

Foi mais cedo do que previsto e em grande pompa que Portugal regressou ao mercado. Pela primeira vez desde fevereiro de 2011, o governo emitiu dívida sindicada a cinco anos.

Lisboa pretendia colocar no mercado primário dois mil milhões de euros, mas, devido ao forte interesse dos investidores, subiu o valor para 2,5 mil milhões. A procura ascendeu a 10 mil milhões de euros.

A secretária de Estado do Tesouro, Maria Luis Albuquerque, confirma que a taxa de juro se ficou nos 4, 891 por cento, bem abaixo dos mais de 6% de há dois anos.

Noventa e três por cento da dívida foi colocada no estrangeiro, maioritariamente nos Estados Unidos e no Reino Unido que, juntos, compraram 60% dos títulos.

No mercado secundário, as “yields” dos títulos a cinco anos caíram para os 4,8% e no caso das obrigações a 10 anos as taxas estão em mínimos de 2010.