Última hora

Última hora

Ameaça "específica e iminente" contra ocidentais

Em leitura:

Ameaça "específica e iminente" contra ocidentais

Tamanho do texto Aa Aa

Uma ameaça “específica e iminente” contra ocidentais. O alerta foi dado pelo Reino Unido, Alemanha, Holanda e Austrália que fizeram um apelo aos cidadãos de passagem ou a residirem em Bengasi na Líbia para deixarem a região. As respetivas autoridades não deram detalhes mas o Reino Unido fez referência a uma crescente ameaça do extremismo islâmico no norte de África.

Entre a população há quem pense que o governo tem a situação controlada e há quem pense o contrário. “A saída de diplomatas e das Nações Unidas é um sinal negativo que mostra a debilidade da segurança líbia”, diz um cidadão líbio.

Berço da revolução que depôs o coronel Muammar Kadafi, Bengazi tem sido palco de vários atentados nos últimos tempos. A crise de reféns na vizinha Argélia terá também forçado uma decisão dos países ocidentais, já qualificada de “exagerada” por Tripoli.