Última hora

Última hora

Rússia aprova homofobia

Em leitura:

Rússia aprova homofobia

Tamanho do texto Aa Aa

 
 A Duma aprovou em primeira leitura a lei anti propaganda gay.
 
Em nome da tradição e da defesa dos jovens russos foi a igreja ortodoxa russa que propôs o texto  para repressão da homossexualidade em todo o país.
 
A legislação visa impedir qualquer informação que possa ser definida como propaganda,  inclui a proibição de eventos públicos que promovam os direitos dos homossexuais. São Petersburgo e uma série de outras cidades russas já têm leis semelhantes. 
 
O Ministério da Defesa russo recomenda ao  Exército de examinarem as tatuagens de novos recrutas para verificarem “vestígios de homossexualidade“ e determinar a sua saúde mental.  
 
O investigador independente Denis Volkov, sociólogo do Centro Levada, considrera que o projeto de lei se encaixa na lógica do governo de limitar diferentes direitos civis e humanos.
 
“Ao aceitar essas leis e outras semelhantes, as leis restritivas e proibitivas, o estado tem como alvo limitar a maioria das leis progressistas da sociedade”.
 
 
Pela oposição a legislação anti-homossexual, faz parte de uma ofensiva do Kremlin contra as minorias de qualquer espécie – política, religiosa e sexual – e projetado para desviar a atenção pública do crescente descontentamento com o governo de Putin.