Última hora

Última hora

Imigração: a "cartada" de Obama em Las Vegas

Em leitura:

Imigração: a "cartada" de Obama em Las Vegas

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente norte-americano joga hoje em Las Vegas uma das suas principais prioridades do segundo mandato: a reforma da lei da imigração.

Barack Obama vai pronunciar um discurso, ao final da tarde, na capital do estado do Nevada, em que deverá apelar ao congresso para acelerar as discussões sobre o tema de forma a responder às expetativas de mais de 11 milhões de imigrantes em situação irregular, a maioria hispânicos.

A comissão paritária do congresso apresentou ontem um plano que prevê um projeto de lei até março e uma votação até ao início do próximo semestre.

Para um imigrante hispânico, “trata-se de uma oportunidade para nós e espero que o presidente cumpra as suas promessas”.

“Se todos pudermos permanecer no país, seria fantástico, mas temos que respeitar a lei e as regras deste lado da fronteira”.

Mais do que propostas concretas, Obama deverá pressionar os congressistas para chegarem a um consenso sobre o tema, tão importante quão decisivo foi o apoio do eleitorado latino à reeleição de Obama.

O debate centra-se, por um lado no combate à imigração clandestina, e por outro, na possibilidade de conceder vistos de residência ou a nacionalidade a estrangeiros nascidos no solo americano ou que trabalhem em setores com falta de mão de obra, como a agricultura ou a pecuária.