Última hora

Última hora

Conferência de doadores para a Síria supera objetivos da ONU

Em leitura:

Conferência de doadores para a Síria supera objetivos da ONU

Tamanho do texto Aa Aa

A reprimenda do secretário-geral da ONU à falta de empenho da comunidade internacional para ajudar os refugiados sírios, parece ter surtido efeito.

A conferência internacional de doadores conseguiu ultrapassar, no Kuwait, o objetivo inicial de angariar mil e quinhentos milhões de dólares.

Um montante que será agora distribuído entre os mais de 4 milhões de sírios, dentro e fora do país.

Entre as maiores doações contam-se as de três países árabes, num total de 900 milhões de euros – Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Kuwait.

A embaixadora do Kuwait em Bruxelas, Nabila Al Moulla, recorda que, “antes desta conferência apenas cerca de 3% deste montante estava disponível. É verdade que houve muitas promessas de doações mas isso não basta. Para vencer este drama humanitário é preciso encontrar, em paralelo, uma solução política.

Cerca de um milhão de dólares deverá ser distribuído entre as organizações que prestam assistência aos 700 mil refugiados do conflito, na Jordânia, Líbano e Turquia.

Quinhentos milhões vão diretamente à população síria deslocada dentro do território, depois de Damasco ter autorizado a distribuição de víveres a 4 milhões de pessoas.

Entre os países doadores encontram-se igualmente os Estados Unidos ou a União Europeia, que duplicou a ajuda ao país, com uma nova oferta de 100 milhões de euros.