Última hora

Última hora

Egito: Mohamed ElBaradei solicita reunião urgente para pôr fim à violência

Em leitura:

Egito: Mohamed ElBaradei solicita reunião urgente para pôr fim à violência

Tamanho do texto Aa Aa

No Egito as manifestações de protesto continuam nas proximidades da praça Tahrir, no Cairo.
 
Com o país em efervescência, nos últimos seis dias morreram mais de 50 pessoas nos confrontos, um pouco por todo o território.
 
Mohamed ElBaradei, figura de proa da oposição egípcia, apelou à realização urgente de uma reunião entre o presidente Morsi, os ministros da Defesa e do Interior, o partido no poder, a corrente salafista e a Frente da Salvação Nacional, para que sejam tomadas medidas para pôr fim à violência e iniciar um diálogo sério.
 
Morsi decretou no domingo o recolher obrigatório e o estado de emergência em Port Said, Suez e Ismaília, para onde foram enviadas tropas para proteger os edifícios públicos e as instalações vitais.
 
Em Suez milhares de pessoas voltaram a violar o recolher obrigatório. Muitas lojas permaneceram abertas e havia trânsito nas ruas.
 
Em Port Said e Ismaília verificou-se a mesma situação num desafio arrojado.
 
Em Ismaília houve mesmo quem jogasse futebol na rua…

  • 21/01/2012 - Cairo.
  • 25/01/2012 - Cairo.
  • 25/01/2012 - Cairo.
  • 25/01/2012 - Cairo.
  • 26/01/2012 - Cairo.
  • 26/01/2012 - Cairo.
  • 26/01/2012 – Port Said.
  • 27/01/2012 – Port Said.
  • 27/01/2012 – Funerals in Port Said.
  • 27/01/2012 – Port Said.
  • 28/01/2012 – Cairo.
  • 28/01/2012 – Cairo.
  • 28/01/2012 – Cairo.
  • 28/01/2012 – Port Said.
  • 28/01/2012 – Port Said.
  • 28/01/2012 – Cairo.
  • 29/01/2012 – Port Said.
  • 29/01/2012 – Port Said.
  • 29/01/2012 – Port Said.
  • 30/01/2012 – Cairo.

Unrest in Egypt, two years after the Revolution