Última hora

Última hora

Visita surpresa de Cameron a Trípoli durante "ronda africana"

Em leitura:

Visita surpresa de Cameron a Trípoli durante "ronda africana"

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro britânico aterrou, hoje, em Trípoli, durante uma visita surpresa à capital líbia, a primeira desde a queda de Moammar Kaddafi.

Uma deslocação para discutir temas económicos, em especial a exploração dos recursos petrolíferos do país, mas também para falar de cooperação na luta contra o terrorismo.

Cameron anunciou uma ajuda estratégica às forças policiais líbias, depois de Londres ter desaconselhado os seus cidadãos a deslocarem-se ao território face à instabilidade no país.

Um anúncio perturbado pela polémica, em Londres, em torno de novos cortes no orçamento da defesa britânico, nos próximos dois anos.

A viagem a Trípoli constitui uma segunda e inesperada etapa da ronda do primeiro-ministro pelo norte de África, iniciada ontem na Argélia.

Duas semanas depois do sequestro da instalação de In Amenas ter provocado a morte de dezenas de reféns estrangeiros, entre os quais vários britânicos, Cameron assinou com o presidente Bouteflika uma parceria para lutar contra as ameaças terroristas na região.

Antes de partir para África, Cameron tinha anunciado a mobilização de 200 tropas britânicas para treinar as forças de segurança do Mali e de outros países africanos.