Última hora

Última hora

Arménia: Presidente visita candidato baleado em Erevan

Em leitura:

Arménia: Presidente visita candidato baleado em Erevan

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Arménia visitou esta quinta-feira o candidato presidencial baleado na véspera, no centro da capital, Erevan.

No final de um encontro de mais de meia hora, no hospital, o presidente Serzh Sarksyan declarou que o “crime escandaloso tinha por alvo, não apenas Paruyr Hayrikian”, mas toda a “segurança” do país e que os responsáveis pela tentativa de homicídio “quiseram afetar o normal decurso das eleições” presidenciais agendadas para o dia 18 e que poderão ter de ser adiadas por duas semanas na sequência deste caso.

A tentativa de assassinato do ex-dissidente soviético, de 63 anos, reacende as preocupações internacionais em relação à estabilidade na volátil região do Cáucaso, fornecedora de petróleo e gás à Europa.

Hayrikian defende na sua campanha uma maior aproximação da Arménia à Europa e alega que o país “sofreu mais do que ganhou com a Rússia imperialista”.