Última hora

Última hora

Explosão na sede da petrolífera estatal mexicana faz 32 mortos

Em leitura:

Explosão na sede da petrolífera estatal mexicana faz 32 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 32 mortos e mais de uma centena de feridos é o último balanço da violenta explosão que sacudiu esta quinta-feira a Cidade do México.

A deflagração ocorreu durante a tarde de ontem num arranha-céus de 214 metros que alberga a sede da Pemex, a petrolífera estatal mexicana, num momento em que a maioria dos 3500 funcionários da empresa se preparava para sair do trabalho.

As autoridades mexicanas não avançaram ainda a causa da explosão, mas vários meios de comunicação locais apontam para um sobreaquecimento do sistema elétrico do complexo. Um responsável governamental no anonimato disse, no entanto, que as investigações preliminares apontam para uma explosão de gás num edifício adjacente à torre da Pemex.

Os esforços das equipas de resgate para procurar sobreviventes entre os escombros prolongaram-se pela noite dentro, embora tenham sido temporariamente interrompidos por uma derrocada numa das partes danificadas do edifício.

Não foi avançado qualquer balanço para o número de pessoas ainda desaparecidas.

O chefe de Estado mexicano Enrique Pena Nieto e o presidente da Câmara Miguel Angel Mancera passaram pelo local da tragédia antes de visitarem os feridos transportados para vários hospitais das redondezas.