Última hora

Última hora

Autoridades mexicanas rejeitam especular sobre causas do incidente na sede da Pemex

Em leitura:

Autoridades mexicanas rejeitam especular sobre causas do incidente na sede da Pemex

Tamanho do texto Aa Aa

Ataque ou mero acidente? A questão continua na boca de todos os mexicanos, mas as autoridades recusam qualquer tipo de especulação sobre as causas da explosão que provocou a morte a pelo menos 33 pessoas na sede do monopólio estatal do petróleo Pemex.

Na sexta-feira, as equipas de socorristas continuavam a tentar encontrar corpos nos escombros. As operações deverão continuar até que os corpos de todas as pessoas que estavam no interior do edifício sejam encontrados.

Alonso Caballero, um dos 121 feridos do acidente diz não acreditar que se trate de um ataque.

“Foi tudo muito rápido. Não houve explosão, eu não ouvi uma explosão. De repente tudo se desmoronou.”

Ataque ou não, certo é que o incidente constitui o primeiro grande teste para Henrique Peña Nieto, Presidente mexicano apenas desde o dia 01 de dezembro.

O chefe de Estado deslocou-se aos três hospitais da capital para visitar os feridos. Peña Nieto exigiu que a Pemex dê todo o apoio necessário às vítimas do acidente e exigiu um inquérito aprofundado para apurar as causas do colapso do edifício da companhia petrolífera.

O Presidente decretou também três dias de luto nacional.