Última hora

Última hora

Síria é tema central da conferência sobre segurança que decorre em Munique

Em leitura:

Síria é tema central da conferência sobre segurança que decorre em Munique

Tamanho do texto Aa Aa

Lakhdar Brahimi já está em Munique onde decorre, até domingo, a 49ª Conferencia sobre a segurança, que terá a Síria como um dos temas centrais.

Para além do enviado especial da ONU para a Síria, também está presente o chefe da oposição ao regime de Bashar al-Assad que ainda acredita num encontro quadripartido com os representantes dos Estados Unidos, Rússia e Nações Unidas.

A euronews entrevistou o chefe da diplomacia polaca.

euronews: Acredita que a Síria pode ser o novo Líbano, que podemos ter uma década de guerra civil, dado que a estratégia atual parece não estar a resultar?

Radek Sikorski, ministro dos Negócios Estrangeiros polaco: “Acredito. Quando visitei o Médio Oriente, tanto os libaneses como os iraquianos afirmaram que isso irá acontecer, porque há tanto equilíbrio entre as forças do regime de Assad e as da oposição que um longo impasse é, infelizmente, um cenário provável”.

euronews: Então o que fazer?

Radek Sikorski: “Temos de conversar enquanto combatemos”.

O vice-presidente norte-americano, Joe Biden, encontrou-se em Berlim com a chanceler Angela Merkel antes de seguir para a conferência em Munique.