Última hora

Última hora

Espanha: Escândalo afeta mercado da dívida europeia

Em leitura:

Espanha: Escândalo afeta mercado da dívida europeia

Tamanho do texto Aa Aa

O escândalo de corrupção que envolve o primeiro-ministro Mariano Rajoy pesa no mercado obrigacionista.

As taxas de juro da dívida espanhola voltaram a subir. Nas obrigações a dez anos, as “yields” atingiram os 5,42%. Uma tendência em alta atingiu também as obrigações italianas e portuguesas.

As obrigações lusas a dez anos voltaram a atingir quase os 6,5%.

Enquanto os investidores fogem de novo da dívida dos países ditos periféricos, o Fundo Monetário Internacional (FMI) destacou os “grandes avanços” feitos na reforma do sistema bancário espanhol.

No relatório final da segunda missão, o organismo destaca que há ainda riscos para a economia e para os bancos e que é, por isso, necessário continuar.

Madrid avançou com a reforma na sequência da ajuda europeia aos bancos, fortemente debilitados devido à acumulação de ativos tóxicos. O setor recebeu quase 37 mil milhões de euros.