Última hora

Última hora

Ricardo III: o fim da "batalha" para identificar o corpo do monarca

Em leitura:

Ricardo III: o fim da "batalha" para identificar o corpo do monarca

Tamanho do texto Aa Aa

Ricardo III regressa da batalha, mais de 500 anos depois do seu desaparecimento.

Um grupo de cientistas britânicos confirmou hoje que um esqueleto encontrado em Setembro em Leicester é o do último monarca inglês a morrer numa batalha.

Uma descoberta arqueológica confirmada graças à comparação de testes de ADN de um descendente do monarca com os do esqueleto, encontrado durante uma escavações recentes.

Uma das responsáveis da investigação afirma: “o esqueleto reúne vários indícios insólitos, como feridas de batalha e uma curvatura na coluna. Indícios que correspondem às informações que possuimos sobre Ricardo III e as circunstâncias da sua morte. Para além disso, o esqueleto pertence a um homem com cerca de 32 anos de idade. Ou seja, os indícios permitem-nos afirmar com segurança de que se trata de Ricardo III”.

Os restos mortais tinham sido encontrados em Setembro, durante uma escavação arqueólogica, sob um parque de estacionamento em Leicester.

A identificação deverá permitir a realização de um funeral oficial para o monarca, no próximo ano.

Retratado por Shakespear, Ricardo III tinha falecido em 1485, durante a batalha de Bosworth, contra o seu eventual sucessor Henry Tudor.

Desde então, que o paradeiro do corpo do monarca permanecia um dos grandes mistérios da arqueologia britânica.