Última hora

Última hora

Acumulação de gás provoca explosão na sede da Pemex

Em leitura:

Acumulação de gás provoca explosão na sede da Pemex

Tamanho do texto Aa Aa

A explosão, na sede da empresa petrolífera Pemex, na Cidade do México, deveu-se a uma acumulação de gás no subsolo. Quem o afirma é o procurador-geral mexicano, Jesús Murillo.

Chegou a pensar-se ter-se tratado de um atentado mas a mesma fonte descartou esta hipótese por não terem sido encontrados vestígios de explosivos.

A explosão destruiu os andares inferiores de um edifício de 13 andares, um dos quatro que albergam a sede da Pemex.

É agora de 37 o número de mortos, depois de uma mulher internada num hospital não ter resistido aos ferimentos. Uma mulher continua desaparecida e o corpo de outra está ainda por identificar.