Última hora

Última hora

Ministra alemã da Educação perde Doutoramento

Em leitura:

Ministra alemã da Educação perde Doutoramento

Tamanho do texto Aa Aa

A Universidade de Dusseldorf revogou o Doutoramento da ministra alemã da Educação.

O Conselho da Faculdade de Filosofia da Universidade de Dusseldorf concluiu que Annette Schavan fez plágio na sua tese de Doutoramento defendida em 1980. Bruno Blckmann, Reitor desta faculdade, explica: “Chegámos à conclusão que a então candidata ao doutoramento utilizou, sistemática e deliberadamente, na sua tese, reflexões académicas que, na verdade, não partiram de si.”

A ministra da educação de Angela Merkel não concorda com a decisão e vai recorrer ao tribunal administrativo de Dusseldorf: “Em nenhum momento, enquanto trabalhava na minha tese, plagiei. Rejeito, convictamente, esta acusação. Vou lutar. Devo isso a mim mesmo, devo isso à ciência.”

As primeiras acusações de plágio contra a ministra surgiram em maio último, na internet. A oposição pede a sua demissão por não a considerar um exemplo para o ministério da Educação.