Última hora

Em leitura:

BCE mantém taxas de juro inalteradas


economia

BCE mantém taxas de juro inalteradas

O Banco Central Europeu mantém a taxa de juro de referência da zona euro no mínimo histórico dos 0,75%.

A política monetária permanece inalterada, mas o BCE estará de olho na atual “guerra de divisas”. A garantia de Mario Draghi, depois da reunião da entidade em Frankfurt: “A valorização do euro é, de certa forma, um sinal de confiança na moeda única. A taxa de câmbio não é um ‘target’ político, mas é importante para o crescimento e estabilidade dos preços. Esperaremos para ver se a apreciação do euro, ao manter-se, irá alterar a nossa avaliação de risco.”

Na terça-feira do presidente francês contestou um euro que diz sobrevalorizado e apelou a uma maior proteção da moeda única de “movimentos irracionais.” François Hollande chamou a atenção para os Bancos centrais do Japão, do Reino Unido e para a Reserva Federal dos Estados Unidos que desvalorizaram, ainda que de maneira indireta, as respetivas divisas.

A sobrevalorização da moeda única coloca o bloco em desvantagem, quando se fala em matéria de exportações, crescimento e emprego.

Mas Draghi recorda que “o BCE é independente” do poder político e que o mandato é garantir a estabilidade de preços na região.

O futuro dirá se serão precisos mais cortes. Por agora, Draghi deixa a garantia de que a recuperação da economia deverá começar no fim de 2013.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

economia

Espanha coloca dívida a juros mais altos