Última hora

Última hora

ThyssenKrupp: Plano de poupança de 500 milhões de euros castiga trabalhadores

Em leitura:

ThyssenKrupp: Plano de poupança de 500 milhões de euros castiga trabalhadores

Tamanho do texto Aa Aa

A ThyssenKrupp vai cortar pelo menos dois mil empregos na divisão Steel Europe. A medida insere-se num plano da maior siderúrgica alemã para economizar 500 milhões de euros em custos com as operações no velho continente.

Os números podem ser ainda mais negros, tanto mais que os planos de reestruturação da empresa não ficam por aqui.

As operações de encerramento, deslocalização ou venda de unidades de negócios e fábricas poderão levar à eliminação de mais 1800 postos de trabalho.

A ThyssenKrupp também está a desenvolver o processo de venda das siderurgias no continente americano, diminuindo de oito para cinco unidades, ao mesmo tempo que se expande para outros mercados.