Última hora

Última hora

Ahmadinejad diz que EUA devem mudar de atitude no aniversário da Revolução Islâmica

Em leitura:

Ahmadinejad diz que EUA devem mudar de atitude no aniversário da Revolução Islâmica

Tamanho do texto Aa Aa

Mahmud Ahmadinejad assinalou o trigésimo quarto aniversário da Revolução Islâmica com uma mensagem para o Ocidente.

Perante uma multidão reunida em Teerão, o presidente iraniano frisou que ninguém pode impor a sua vontade ao país com sanções ou pressões.

Ahmadinejad disse que os Estados Unidos devem mudar de atitude para que seja possível um diálogo bilateral sobre o programa nuclear iraniano.

O chefe de Estado garantiu que “se retirarem a arma da cara do povo iraniano”, ele estará disponível “para falar em pessoa”, acrescentando que “o diálogo deve ser baseado na justiça e no respeito, não em pressão ou imposições”.

O aniversário marca a queda do regime autocrático do Xá Mohammad Reza Pahlavi – apoiado pelo Ocidente – e o regresso triunfal do Ayatollah Ruhollah Khomeini, exilado em França, para instaurar uma República Islâmica.

O líder supremo Ali Khamenei, sucessor de Khomeini, rejeitou na quinta-feira a oferta de diálogo de Washington, que foi acompanhada do anúncio de novas sanções contra Teerão.