Última hora

Última hora

Ahmadinejad diz que EUA devem mudar de atitude no aniversário da Revolução Islâmica

Em leitura:

Ahmadinejad diz que EUA devem mudar de atitude no aniversário da Revolução Islâmica

Ahmadinejad diz que EUA devem mudar de atitude no aniversário da Revolução Islâmica
Tamanho do texto Aa Aa

Mahmud Ahmadinejad assinalou o trigésimo quarto aniversário da Revolução Islâmica com uma mensagem para o Ocidente.

Perante uma multidão reunida em Teerão, o presidente iraniano frisou que ninguém pode impor a sua vontade ao país com sanções ou pressões.

Ahmadinejad disse que os Estados Unidos devem mudar de atitude para que seja possível um diálogo bilateral sobre o programa nuclear iraniano.

O chefe de Estado garantiu que “se retirarem a arma da cara do povo iraniano”, ele estará disponível “para falar em pessoa”, acrescentando que “o diálogo deve ser baseado na justiça e no respeito, não em pressão ou imposições”.

O aniversário marca a queda do regime autocrático do Xá Mohammad Reza Pahlavi – apoiado pelo Ocidente – e o regresso triunfal do Ayatollah Ruhollah Khomeini, exilado em França, para instaurar uma República Islâmica.

O líder supremo Ali Khamenei, sucessor de Khomeini, rejeitou na quinta-feira a oferta de diálogo de Washington, que foi acompanhada do anúncio de novas sanções contra Teerão.