Última hora

Última hora

Eurogrupo: Paris quer um euro mais fraco

Em leitura:

Eurogrupo: Paris quer um euro mais fraco

Tamanho do texto Aa Aa

A França tentou, esta segunda-feira, na reunião dos ministros das Finanças da zona euro abordar a questão da paridade da moeda, mas o assunto foi rapidamente reenviado para o nível do G20.

Paris considera o euro demasiado forte e teme pelas suas exportações e pela competitividade do país.

O ministro francês das Finanças, Pierre Moscovici,
defendeu:
“Devemos tentar conter a volatilidade da moeda ou os movimento erráticos, que têm um efeito negativo sobre a economia, se se prolongarem. Qualquer que seja a hipótese, o que defendi foi que possamos ter uma abordagem coordenada da questão.”

Mas, Wolfgang Schäuble, ministro alemão das Finanças, prefere enviar a questão monetária para a próxima cimeira do G20, em Moscovo, porque, afirma, “o problema não existe apenas com o euro, mas diz respeito a várias outras divisas”.

A moeda é um tema particularmente sensível. A recente desvalorização do iene, reaviva o receio de uma guerra de moedas entre as diversas potências mundias.

Os Estados Unidos pedem aos membros do G20 que evitem todo o tipo de desvalorização competitiva, sob pena de dificultarem mais ainda uma retoma económica já frágil.

O euro valorizou mais de 10% em seis meses, tendo chegado a um dólar e 37 cêntimos no princípio de fevereiro.