Última hora

Última hora

Teste nuclear provoca chuva de protestos

Em leitura:

Teste nuclear provoca chuva de protestos

Tamanho do texto Aa Aa

Contra tudo e todos, a Coreia do Norte realizou o seu terceiro de mais poderoso teste nuclear de sempre. Para as Nações Unidas foi uma “clara e grave violação” das resoluções do conselho de segurança da ONU.

A chuva de críticas e protestos não se fez esperar assim que Pyong Yang confirmou o ensaio nuclear subterrâneo.

De acordo com o ministério da Defesa russo a explosão teve uma potência de 7 quilotoneladas. A título de comparação a bomba de Hiroxima teve uma potência de 20 quilotoneladas.

O Japão é uma das nações mais preocupadas com as ações do vizinho norte-coreano. O primeiro-ministro Shinzo Abe já reagiu.

“Estamos a considerar sanções independentes contra a Coreia do Norte. Para além disso, vamos fazer todos os possíveis para encontrar uma solução. Dei também instruções para nos prepararmos para qualquer eventualidade”, disse o chefe de governo.

O teste acontece depois do lançamento de um foguetão com capacidade para transportar um dispositivo nuclear em Dezembro.

A ação desta terça-feira acontece a apenas 4 dias do aniversário de Kim Yong Il, o falecido pai do atual líder norte-coreano, Kim Yong Un.