Última hora

Última hora

Jörg Jaksche: "Fuentes tinha todo o tipo de doping"

Em leitura:

Jörg Jaksche: "Fuentes tinha todo o tipo de doping"

Tamanho do texto Aa Aa

Na casa de Eufemiano Fuentes era possível encontrar todo o tipo de substâncias dopantes, esta é a conclusão do primeiro dia da terceira semana do julgamento Operação Puerto. Um processo que visa o médico espanhol como líder de uma rede de dopagem para os desportos de elites. Esta segunda-feira, o tribunal de Madrid ouviu alguns ciclistas e antigos corredores clientes de Fuentes.

“Perguntou-me o que é que eu queria como doping. Ele conseguia arranjar todo o tipo de drogas para melhorar o rendimento: transfusões sanguíneas, EPO, anabolizantes, esteroides, IGF1 e hemoglobinas artificiais”, revelou Jörg Jaksche desqualificado do ciclismo profissional por doping em 2007 e retirado do circuito em 2008.

As revelações de Jaksche dizem respeito ao ano de 2006, quando o ciclista defendia as cores da Liberty Seguros, umas das equipas protagonistas deste processo. O alemão não revelou nomes, mas afirmou que outros ciclistas da equipa eram clientes de Fuentes. Ivan Basso e Marcos Serrano foram também ouvidos pelo juiz na tarde desta segunda-feira por vídeo conferência.