Última hora

Última hora

Luta fora das modalidades olímpicas

Em leitura:

Luta fora das modalidades olímpicas

Tamanho do texto Aa Aa

A luta vai ter de lutar por um lugar nos Jogos Olímpicos, a partir de 2020. O Comité Olímpico Internacional (COI) decidiu, com alguma surpresa, excluir a luta livre e a luta greco-romana da lista de modalidades olímpicas, a contar a partir dos Jogos de 2020. É uma modalidade que sempre fez parte dos Jogos, desde a primeira edição em 1896.

“O Conselho executivo do COI recomendou que a luta, governada pela Federação Internacional de Disciplinas Associadas de Luta, não faça parte do núcleo duro de modalidades olímpicas e se junte à lista de sete desportos que vão competir pela inclusão nos Jogos, como modalidade adicional”, explicou o porta-voz do COI, Mark Adams.

A decisão vai ter de ser confirmada na reunião do COI em Buenos Aires, em setembro e promete causar polémica, sobretudo em países como o Irão, a Turquia ou a Rússia, que costumam levar para casa grande parte do lote de medalhas. Em Londres, a luta teve 344 atletas, a competir em 11 disciplinas.