Última hora

Última hora

A última missa de quarta-feira de cinzas de Bento XVI

Em leitura:

A última missa de quarta-feira de cinzas de Bento XVI

Tamanho do texto Aa Aa

Foi a última missa de quarta-feira de cinzas presidida por Bento XVI enquanto Papa. Uma cerimónia marcada por apelos à superação de individualismos e de rivalidades durante a Quaresma.

Muitos fiéis não se conformam a decisão de Bento XVI.

“Perdemos um Papa que fez muito pela igreja.
Ele conseguiu reconciliar fações opostas dentro da igreja e foi capaz de juntar peças do passado e do presente, ainda que muitas pessoas queiram dar interpretações políticas” afirma um homem.

Outro refere: “creio que o Papa sai com a imagem reforçada. Penso que é um facto histórico relevante ver como é que uma pessoa como ele, na sua situação, toma um passo tão grande em prol da igreja.”

Euronews: uma missa de quarta-feira cinzas diferente de todas as outras, com os fiéis ainda surpresos com a decisão do Papa. A tristeza é o sentimento dominante nesta e promete ficar na memória de muitos.