Última hora

Última hora

Ministros europeus discutem novas regras de segurança alimentar

Em leitura:

Ministros europeus discutem novas regras de segurança alimentar

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha é o mais recente país onde surgiram suspeitas do uso de carne de cavalo em vez de carne de vaca em produtos ultracongelados disponíveis em supermercados, inicialmente detetado na Irlanda.

Vários ministros europeus reuniram-se, esta quarta-feira, em Bruxelas, para discutir as medidas a aplicar.

O governante britânico, Owen Paterson, diz: “Gostaria de ver o intercâmbio de dados entre as organizações de monitorização alimentar em cada Estado-membro de forma rápida, para que os países afetados possam tomar medidas. Acho que temos sido muito lentos nesse diálogo”.

Mais testes para verificar qual é o animal utilizado e novas regras de rotulagem estão entre as medidas defendidas.

O ministro irlandês, Simon Coveney, referiu: “É necessário que sejam cumpridas as regras existentes, mas talvez precisemos de fazer mais testes. Pessoalmente, penso que temos de recorrer mais aos testes de ADN ao nível da cadeia de abastecimento alimentar”.

“Queremos que a regulamentação europeia evolua de maneira a que a origem da carne esteja inscrita nas embalagens dos pratos pré-cozinhados”, defendeu, por seu lado, o ministro francês, Benoît Hamon.

A correspondente da euronews em Bruxelas Audrey Tilve realça que “a Comissão Europeia tem dito, repetidamente, que nesta fase não existe uma crise sanitária, mas Bruxelas está sob pressão para apertar as regras e mostrar a sua capacidade de resposta a uma indústria cada vez mais dissimulada”.