Última hora

Última hora

Índia quer anular contrato de helicópteros com a Finmeccanica

Em leitura:

Índia quer anular contrato de helicópteros com a Finmeccanica

Tamanho do texto Aa Aa

Mais um duro revés para a Finmeccanica, grupo italiano de aeronáutica e defesa, alvo de escândalo de corrupção. Depois de ter congelado o pagamento, a Índia quer anular o contrato de 560 milhões de euros.

É o resultado das acusações de corrupção que levaram à detenção na terça-feira de várias pessoas, incluindo Guiseppe Orsi. O presidente executivo e administrador da Finmeccanica demitiu-se esta sexta-feira.

Orsi é acusado de ter pago subornos quando era patrão da AgustaWestland, a filial da Finmeccanica, para obter o contrato de venda de 12 helicópteros de transporte à Índia. Orsi rejeitou todas as acusações durante o interrogatório.

A Finmeccanica tem sete dias para responder a Nova Déli e impedir o anulamento do contrato. A Índia recusa receber os nove helicópteros restantes até ao final do seu próprio inquérito.