Última hora

Última hora

Coreia do Norte celabra aniversário póstumo do "querido líder"

Em leitura:

Coreia do Norte celabra aniversário póstumo do "querido líder"

Tamanho do texto Aa Aa

Na Coreia do Norte comemora-se este sábado o 71º aniversário do nascimento Kim Jong-il.
O chamado “querido líder” governou os destinos da Coreia do Norte durante 17 anos, até morrer em dezembro de 2011, altura em que foi substituido pelo filho Kim Jong-un.
As cerimónias no aniversário póstumo, para além das paradas entregas de flores, ficam marcadas pela reunião política que aconteceu na sexta-feira e pelo terceiro ensaio nuclear realizado na semana passada.

Fontes do regime de Pyongyang garantiram que os testes servem apenas pressionar os Estados Unidos a uma negociação direta com a Coreia do Norte. As mesmas fontes revelaram ainda que nas próximas semanas podem ser realizados mais ensaios. Recorde-se que estes últimos testes nucleares foram mesmo criticados pelas China, que normalmente tem uma posição mais neutra.

Neste dia de celebração, do outro lado da fronteira, na Coreia do Sul, cerca de 30 dissidentes norte-coreanos fizeram mais uma ação de protesto.
Lançaram balões com mensagens anti-regime de Pyongyang: pedem o fim do programa nuclear.
Mas esta manifestação não é consensual. Vários ativistas acreditam que estes protestos só vão aumentar a tensão entre os dois países.