Última hora

Última hora

Protestos no Egito terminam em confrontos

Em leitura:

Protestos no Egito terminam em confrontos

Tamanho do texto Aa Aa

As manifestações desta sexta-feira no Egito terminaram em confrontos.

Centenas de manifestantes saíram, mais uma vez, à rua para exigir a demissão do chefe de Estado, mas acabaram por se envolver em confrontos com a polícia.

Um militante da oposição disse, entretanto, ter sido raptado e ameaçado por homens com ligações ao partido no poder. Um porta-voz da Irmandade Muçulmana já desmentiu qualquer envolvimento no caso.

As agressões contra críticos do governo aumentaram, substancialmente, nos últimos meses. Desde janeiro terão sido mortas 60 pessoas.

Contra a violência, mais concretamente, contra a desordem provocada pela contestação ao presidente Mohammed Morsi milhares de islamitas manifestaram-se, também, durante a tarde no Cairo. Uma iniciativa convocada por salafistas de regresso ao poder após a queda de Hosni Mubarak.