Última hora

Em leitura:

Quando o robot ajuda o trabalhador


futuris

Quando o robot ajuda o trabalhador

Às vezes, embalar objetos pode ser difícil e cansativo. Pode um robot ajudar? Os engenheiros da Universidade Técnica de Munique estão a testar uma máquina falante, que ajuda a guardar eletrodomésticos pesados.

As tarefas que não exigem grande esforço físico são deixadas para o homem. As câmaras de vídeo fazem a vigilância, enquanto o braço robótico pega nos objetos pesados e os guarda nas caixas.

O robot pode manipular objetos de várias formas e pesos, pelo que o sistema pode ser instalado em várias cadeias de montagem. O fluxo de trabalho pode ser modificado em qualquer altura, através de um computador ou do comando de voz.

Os utilizadores finais desta tecnologia não precisam de peritos para virem à fábrica e reprogramá-los para manipular um novo produto, o que os faz poupar em tempo e dinheiro, explica o programador Jürgen Blume.

Este projeto de pesquisa pretende aumentar a produtividade industrial ao juntar os trabalhadores humanos e os robots seguros e inteligentes: “O projeto vai trazer contribuições importantes ao desenvolvimento do mecanismo flexível e ao avanço da colaboração entre homens e robots. Também traz um estilo intuitivo de programação que dá novas possibilidades à indústria”, segundo a engenheira de robótica Carola Zwicker.

Outro exemplo chega da Áustria: os módulos de hardware e software podem juntar-se como duas peças de um “puzzle” para criar máquinas com funções diferentes. Este robot sabe reparar baterias de automóveis, entende a voz e os gestos e consegue orientar-se numa sala: “O nosso projeto cria uma série de ferramentas robóticas e possibilidades que podem ser usadas para implementar novas aplicações de uma forma fácil e intuitiva”, diz Harald Bauer, um dos engenheiros deste projeto.

Pensado para fábricas de automóveis, este robot tem flexibilidade para assegurar a mudança dos motores a combustível para os motores elétricos.

Diz Harald Bauer: “O foco deste projeto não é substituir o homem, mas fazer com que o trabalho seja mais fácil e confortável. Ajuda a prevenir problemas de coluna, ao criar locais de trabalho ergonómicos e ao libertar os trabalhadores das tarefas mais pesadas, é esse o objetivo”.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
A tecnologia ao serviço dos seniores

futuris

A tecnologia ao serviço dos seniores