Última hora

Última hora

Chávez regressa mas futuro da Venezuela permanece uma incógnita

Em leitura:

Chávez regressa mas futuro da Venezuela permanece uma incógnita

Tamanho do texto Aa Aa

O regresso de Hugo Chávez provocou uma vaga de euforia na Venezuela, mas a incógnita permanece quanto ao estado de saúde e à capacidade do presidente reeleito para dirigir o país.

São muitos os que duvidam que Chávez tenha condições para completar o mandato e apontam como cenário mais provável que o presidente, depois de formalmente empossado, opte por renunciar ao mandato e convocar novas eleições.

O vice-presidente e favorito à sucessão, visitou Chávez no hospital militar de Caracas. À saída, Nicolas Maduro afirmou que o “comandante Chávez está bem, consciente, muito contente e motivado por estar de volta à Venezuela natal”. O homem que dirige interinamente o país adiantou que todos, no governo, “partilham com o povo a grande motivação e imensa felicidade” pelo regresso.

A 11 de dezembro, em Cuba, Chávez foi operado pela quarta vez a um cancro diagnosticado em 2011. Desde então, o líder Venezuelano não voltou a ser visto ou a falar em público até à divulgação, na sexta-feira passada, de fotografias na companhia de duas das suas filhas.

Nas ruas de Caracas, os populares afirmam que Chávez “tem uma missão para cumprir ao lado do povo que o ama e reza por ele”, por isso, todos lhe desejam rápidas melhoras.

A festa em frente ao hospital militar de Caracas ganhou uma dimensão tal que a direção do estabelecimento de saúde pediu aos ‘chavistas’ para respeitarem o repouso dos pacientes.