Última hora

Última hora

Economias da OCDE contraíram no final de 2012

Em leitura:

Economias da OCDE contraíram no final de 2012

Tamanho do texto Aa Aa

As economias da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) viveram um final de 2012 difícil. Segundo a instituição, no quarto trimestre, o PIB do conjunto das maiores economias contraiu pela primeira vez desde 2009 e a queda foi particularmente acentuada na Europa.

No conjunto da organização, o PIB recuou 0,2% face ao trimestre precedente.

Já a zona euro registou o pior desempenho mundial. A contração atingiu os 0,6%, sob pressão do fraco desempenho das economias italiana, alemã e francesa.

No caso do Japão o PIB contraiu 0,1%, menos do que no trimestre anterior, e nos Estados Unidos estagnou.

Segundo a OCDE, a economia francesa contraiu 0,3% no final de 2012 e o presidente François Hollande teve de reconhecer, agora, que as previsões económicas para este ano são irrealistas. Paris evocava um crescimento de 0,8%, mas agora diz que será metade no melhor dos casos.

O governo já tinha reconhecido que não vai cumprir as metas de défice fixadas este ano, alimentando as especulações em torno da segunda maior economia da zona euro.