Última hora

Última hora

Hollande acusa Boko Haram de rapto de turistas franceses

Em leitura:

Hollande acusa Boko Haram de rapto de turistas franceses

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês acusa os terroristas nigerianos do Boko Haram de estar por trás do sequestro de sete turistas franceses sequestrados no norte dos Camarões.
Os reféns foram estavam perto da reserva natural de Waza, a 10 quilómetros da fronteira com a Nigéria quando foram levados por homens armados e de moto.

François Hollande, em declarações feitas na Grécia, confirmou o rapto e garantiu que “o grupo terrorista Boko Haram tem marcado presença naquela zona dos Camarões. Uma situação que é suficientemente preocupante para nos fazer atuar. A França está no Mali, vai continuar a intervenção até ao fim. Existem ações a decorrer, mas estes casos demonstram que a comunidade internacional deve lutar contra o terrorismo e não é só no Mali.”

Hollande diz mesmo que este sequestro está relacionado com a intervenção militar francesa no Mali.

Mas para já esta acção ainda não foi reivindicada por qualquer grupo terrorista.

Recorde-se que, para além deste grupo de sete turistas, há 8 reféns franceses na região africana do Sahel, onde atuam várias células da Al-Qaeda.