Última hora

Última hora

Primeiro-ministro da Tunísia demite-se

Em leitura:

Primeiro-ministro da Tunísia demite-se

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro tunisino Hamadi Jebali demitiu-se esta terça-feira, depois de ter falhado a formação de um governo apenas com tecnocratas.

Jebali defendia que se devia criar um executivo neutro politicamente, depois do homicídio de um dos líderes da oposição, Chokri Belaid.

Mas o próprío partido, os islâmicos do Ennahda, que tem maioria no parlamento, não apoiou o primeiro-ministro.

Numa conferência de imprensa, Hamadi Jebali lembrou que “prometi que me demitiria em caso de fracasso da minha iniciativa e é o que acabo de fazer. Deixo o cargo, apresento a demissão do posto de chefe de governo. É o que acabo de fazer no encontro que tive com o Presidente da República.”

O povo tunisino também está dividido. Nós últimos dias houve várias manifestaçãos contra e a favor da criação de um governo apenas com tecnocratas.