Última hora

Última hora

Regresso "virtual" de Chavez seguido por quatro milhões

Em leitura:

Regresso "virtual" de Chavez seguido por quatro milhões

Tamanho do texto Aa Aa

Quatro milhões de seguidores após um “tweet” que quebrou dois meses de silêncio. O anúncio do sucesso virtual de Hugo Chavez foi feito pelo vice-presidente venezuelano Nicolas Maduro, depois de Chavez ter dado sinais de vida no “twitter”, revelando que estava de regresso a Caracas.

Esta terça-feira, uma sondagem aponta o vice-presidente como o sucessor de Chavez no caso deste ter de abandonar o cargo. Nicolas Maduro é creditado com 50 por cento das intenções de voto contra 36 por cento para o líder da oposição Henrique Capriles.

O anúncio do regresso de Hugo Chavez foi acompanhado por manifestações de alegria difundidas pela televisão estatal, mas subsistem muitas dúvidas quanto à capacidade do presidente reeleito para dirigir o país.

Dezenas de pessoas concentraram-se junto ao hospital militar onde o presidente venezuelano estará internado para lhe dar as boas vindas.

Chavez estava desde dezembro, em Cuba, onde foi operado pela quarta vez, depois de lhe ter sido diagnosticado, em 2011, um cancro na zona pélvica.