Última hora

Última hora

Bento XVI poderá mudar as regras da Igreja

Em leitura:

Bento XVI poderá mudar as regras da Igreja

Tamanho do texto Aa Aa

Um documento de iniciativa papal para modificar questões normativas poderá permitir aos cardeais antecipar o Conclave.

Segundo a Constituição «Universi Dominici Gregis», o Conclave deve começar 15 ou 20 dias após o Trono ficar vago pela morte ou renúncia do pontífice.

Nos últimos dias, vários cardeais expressaram a sua vontade de antecipar o início do Conclave, já que Bento XVI anunciou a sua renúncia no dia 11 de Fevereiro e essa tornar-se-á efectiva no dia 28.

“O Papa é o único que pode legislar sobre esse assunto. Todas as decisões que forem por ele tomadas até dia 28 serão válidas”

A eventual antecipação do Conclave, graças à intervenção «na última hora» do papa, poderá ser estabelecida pelos cardeais reunidos em congregação geral no início da chamada «Sé Vacante».

Este analista fala a influencia que Bento XVI poderá continuar a exercer depois da sua partida.

“Se o novo Papa ficar a alguns kilometros do antigo Papa vai ser quase insultuoso se não for visitá-lo de vez em quando. Vão querer falar com ele, vão querer consultá-lo e vão querer provalvelmente estar perto dele nos jardins do Vaticano”.

Bento XVI poderá publicar um decreto para antecipar o conclave que não se poderá reunir antes de 15 de março.

São esperados 117 cardeais para os trabalhos do Conclave na Capela Sistina até que o «fumo branco» anuncie o «habemus papam»