Última hora

Última hora

Islamistas são ameça para tesouros históricos

Em leitura:

Islamistas são ameça para tesouros históricos

Tamanho do texto Aa Aa

A UNESCO tem um plano de acção de mais de 7,5 milhões de euros para reabilitar o património cultural do norte do Mali.

Uma das relíquias a salvaguardar são os antigos manuscritos de Tombuctu, danificados durante a ocupação islâmica.

Vários países como África do Sul, França, Noruega e Luxemburgo já anunciaram o seu apoio a certos aspectos do plano de acção.

“ Eu recebi tantas ameaças que liguei para o meu chefe para lhe dizer que era preciso encontrar uma solução, de modo que decidiu levar os manuscritos.O diretor enviou o dinheiro para comprar sacos de arroz e foi em sacos de arroz que eu coloquei os manuscritos “.

Tombuctu é uma das portas de entrada para o deserto do Sahara e é onde se encontram manuscritos e livros que datam do tempo em que a cidade era a capital intelectual e espiritual do Islão na África nos séculos XV e XVI.