Última hora

Última hora

Camarões: Reféns franceses divididos em dois grupos

Em leitura:

Camarões: Reféns franceses divididos em dois grupos

Tamanho do texto Aa Aa

A família francesa, de sete elementos, sequestrada nos Camarões, terá sido dividida em dois grupos diferentes. A informação foi avançada esta quinta-feira pelo presidente francês.

Depois de Paris ter negado que a família já teria sido libertada, François Hollande apelou à contenção, para bem da segurança dos reféns.

“De momento, é melhor sermos discretos de modo a identificarmos o local exato onde os nossos concidadãos estão reféns. Provavelmente foram divididos em dois grupos. Queremos libertá-los nas melhores condições,” assegurou Hollande.

A família foi raptada, na terça-feira, enquanto estava a regressar à capital Yaoundé, vinda do Parque Natural de Waza, no norte dos Camarões, perto da fronteira com a Nigéria.Um francês a viver nos Camarões conta que “eles foram sequestrados num lugar magnífico, o parque de Waza, que atrai muitos turistas. É uma região extremamente pobre. O norte é mais pobre, e o turismo é realmente muito importante para a economia local.”

“Recebemos muitas informações do nosso consulado, alertando-nos para que limitássemos os nossos movimentos no norte dos Camarões,” disse um outro francês radicado naquele país.

Suspeita-se que os autores do rapto sejam membros do grupo terrorista Boko Haram, com ligações à Al-Quaida.