Última hora

Última hora

Oscar Pistorius deverá aguardar julgamento em liberdade

Em leitura:

Oscar Pistorius deverá aguardar julgamento em liberdade

Tamanho do texto Aa Aa

O atleta paralímpico sul-africano, Oscar Pistorius, enfrenta uma longa maratona judicial, oito dias após ter sido detido por suspeita de assassínio da namorada.

O procurador afirmou hoje que o corredor, “não deverá escapar a uma longa pena de prisão”, no dia em que o tribunal analisa, depois de quatro adiamentos sucessivos, o requerimento dos advogados de defesa relativo a uma liberdade condicional sob fiança.

Pistorius é acusado de ter assassinado a namorada, a modelo Reeva Steenkamp, com quatro balas de 9mm, depois de, alegadamente, a ter confundido com um ladrão.

A decisão dos juízes é esperada até ao final do dia, mas o tribunal poderá adiar o anúncio para segunda-feira. A acusação voltou hoje a alegar o risco de fuga do atleta durante o processo. Uma alegação rejeitada pelo juíz, de forma irónica, “como pode falar de risco de fuga de um homem com duas próteses nas pernas?”.

O caso foi abalado, ontem, pela substituição do polícia responsável pela investigação, e principal testemunha da acusação, depois da descoberta de que este seria alvo de sete acusações de assassínio.

As acusações abalam o percurso do primeiro atleta paraolímpico, com duas pernas amputadas, a participar nuns jogos olímpicos, em agosto passado, em Londres.