Última hora

Última hora

Bulgária: Milhares de manifestantes nas ruas de todo o país

Em leitura:

Bulgária: Milhares de manifestantes nas ruas de todo o país

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de búlgaros manifestaram-se este domingo em todo o país para protestar contra a pobreza e a corrupção e pedir o controlo da sociedade civil sobre as instituições.

Embora a polícia não tenha divulgado números várias fontes apontam para cerca de 10 mil manifestantes em Sofia, a capital.

“No Governo deviam estar pessoas que se interessassem realmente pela Bulgária e pelo povo”, disse uma manifestante.

“Somos atualmente o país mais pobre da Europa. Porquê? Porque fomos roubados durante todos estes anos e não foi dado nenhum dinheiro ao povo búlgaro. O pouco que lhe foi dado, foi-lhes tirado”, afirmou um estudante.

O presidente búlgaro, Rossen Plevneliev, apareceu aos manifestantes e convidou representantes dos contestatários, dos sindicatos e dos empregadores para “debater problemas importantes do país” a partir da próxima semana.

“Convido-vos para já na próxima semana, juntamente com organizações civis e sindicatos trabalharmos em conjunto no que é mais importante para o país. Obrigado pelas vossas reivindicações que me foram entregues. Desejo-vos boa sorte”, disse Plevneliev.

O governo búlgaro demitiu-se na quarta-feira pressionado pela contestação nas ruas.
Os protestos, que se iniciaram há 15 dias, são os maiores na Bulgária sem a participação de partidos políticos e geridos nas redes sociais.