Última hora

Última hora

Italianos escolhem novo governo

Em leitura:

Italianos escolhem novo governo

Tamanho do texto Aa Aa

Perto de 51 milhões de eleitores italianos escolhem, hoje e na segunda-feira, um novo governo.

O crescimento económico, a revisão do sistema fiscal e a redução da dívida – mais de 120 por cento do Produto Interno Bruto – são os três principais desafios para o governo que sair destas eleições.

As últimas sondagens, publicadas há 15 dias de acordo com a lei italiana, indicavam que o Partido Democrata, de Pier Luigi Bersani, registava entre 34 e 38 por cento das intenções de voto.

A aliança Povo da Liberdade-Liga do Norte, do ex-primeiro ministro Silvio Berlusconi registava entre 28 e 30 por cento.

Um dos destaques da campanha, o Movimento Cinco Estrelas, do comediante Beppe Grillo, recolhia 16 por cento das intenções de voto.

A coligação centrista de Monti – com 16 por cento – pode ser o verdadeiro protagonista destas eleições, já que os seus votos podem ser essenciais, sobretudo para a obtenção de uma maioria no Senado.

Perante estes dados a maioria absoluta na Câmara dos Deputados vai eventualmente para Bersani e o Senado será a grande incógnita.