Última hora

Última hora

Cuba espera mais reformas no último mandato de Raul Castro

Em leitura:

Cuba espera mais reformas no último mandato de Raul Castro

Tamanho do texto Aa Aa

O discurso de Raul Castro não convenceu os cubanos no exílio, mas o mesmo não se pode dizer de alguns que se mantêm na ilha e beneficiaram com a vaga de reformas que implementou desde que chegou ao poder, em 2006.

Em 2010, William Arias, 49 anos, concretizou um sonho: abrir um restaurante, em Havana, graças à alteração da lei sobre a propriedade privada. Agora espera mais reformas económicas nos últimos cinco anos de mandato de Raul Castro: “Espero que o negócio corra bem, para crescer progressivamente para uma cadeia de restaurantes. Abriria restaurantes noutros países, talvez mesmo em Pequim, dentro de cinco anos. Neste momento ainda não é possível abrir uma cadeia de restaurantes em Cuba, mas estou confiante no futuro”.

As autoridades encorajaram os pequenos negócios e as cooperativas em áreas como serviços, agricultura e pequena indústria. A ideia é reformar a economia de base comunista e atrair mais investimento estrangeiro, apesar do embargo por parte dos Estados Unidos.