Última hora

Última hora

John Kerry quer "ouvir" a Europa e o Médio Oriente

Em leitura:

John Kerry quer "ouvir" a Europa e o Médio Oriente

Tamanho do texto Aa Aa

É uma viagem para “ouvir”. Assim, define John Kerry a sua primeira ronda diplomática como secretário de Estado. Londres é o ponto de partida. David Cameron acolheu o novo responsável diplomático americano, que também se encontrou com o homólogo William Hague, e, entre os dossiês previsivelmente abordados, estava a questão das disputadas ilhas Falkland.

Esta incursão de onze dias vai levar Kerry a Berlim, Paris, Roma, Ancara, Cairo, Ríade, Abu Dhabi e, finalmente, Doha. Na capital italiana, aguardam-no conversações com membros da oposição síria, que esperam um reforço de Washington na contestação ao regime de Bashar al-Assad. Até agora, não há indicações das possíveis tomadas de posição de Kerry. Ao mesmo tempo que decorre este périplo, um grupo de diplomatas americanos desloca-se ao Cazaquistão, juntamente com missões do Reino Unido, China, França, Alemanha e Rússia, para debater o programa nuclear do Irão com representantes de Mahmoud Ahmadinejad.