Última hora

Última hora

Merkel reaviva negociações com Turquia mas não muito

Em leitura:

Merkel reaviva negociações com Turquia mas não muito

Tamanho do texto Aa Aa

A visita de Angela Merkel à Turquia destina-se a reanimar um processo de adesão à União Europeia que está praticamente parado. Mas a chanceler, que se encontrou com o presidente, Abdullah Gul, e com o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, continua a não deixar a porta totalmente aberta. Isto é, mesmo realçando que é preciso retomar o “longo caminho” das negociações iniciadas em 2005, Merkel não inverteu o discurso habitual sobre esta questão, que tem sido o de estabelecer uma “parceria privilegiada” com a Turquia, em vez de uma entrada de pleno direito no clube europeu.

A chanceler, que visitou a região da Capadócia, e ainda o território junto à fronteira síria, onde a NATO instalou baterias anti-aéreas, enfrenta as sondagens que dizem que 60% dos alemães rejeita a adesão turca. Paris e Berlim têm empatado um processo no qual vários capítulos, incluindo o de Chipre, bloqueiam uma aproximação. O responsável diplomático alemão, Guido Westerwelle, veio declarar que, um dia, poderá ser a Turquia a virar as costas à Europa.