Última hora

Última hora

Rebeldes sírios impõem "zona de exclusão de aérea" em Aleppo

Em leitura:

Rebeldes sírios impõem "zona de exclusão de aérea" em Aleppo

Tamanho do texto Aa Aa

Os rebeldes sírios reforçam o controlo sobre a região de Aleppo depois de terem abatido dois helicópteros do exército, esta segunda-feira.

Fontes do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (próximo da oposição) afirmam que os dois engenhos foram abatidos nos arredores do aeroporto de Menakh e em Jan-al-Asal, nos subúrbios da cidade.

Os rebeldes afirmam também terem tomado a academia de polícia de Khan al-Assan, palco de violentos combates nos últimos dias e um dos últimos redutos do regime na região.

“Nós roubámos os rockets do exército de Al-Assad e foi com estes engenhos que conseguimos abater um helicóptero depois de cercar o aeroporto de Menakh durante meses. Vamos continuar a impor uma zona de exclusão aérea sobre o aeroporto até conseguirmos ocupá-lo”, afirma um rebelde.

Os combates das últimas horas terão provocado a morte de pelo menos 30 soldados e 16 rebeldes, a maioria na região de Aleppo.

O exército prossegue os bombardeamentos aéreos sobre as zonas controladas pelos combatentes, tanto em Aleppo como nos subúrbios da capital, Damasco.